Timbó, Sexta-feira 22 de Setembro de 2017, Bem vindo!
NOTÍCIAS
  • Faça igual ao governo: vá devagar

    Associações Empresariais de todo o Vale do Itajaí e a Facisc iniciaram na terça-feira, dia 8 de março, uma ação para cobrar celeridade na duplicação da BR-470/SC e na elaboração dos estudos que podem definir a concessão da rodovia. Painéis rodoviários, vídeos e redes sociais serão utilizadas para difundir a campanha que adota os slogans: "Faça igual ao governo: vá devagar" e "Imprudência mata. Incompetência também". 


    O objetivo é despertar não apenas a atenção do governo, mas também dos usuários da rodovia federal. Isso porque mais de 500 pessoas já morreram desde que a presidente Dilma Rousseff se comprometeu a agilizar a duplicação da BR-470/SC. "Eu, pessoalmente, cobrarei a construção desta duplicação do Ministério dos Transportes e do DNIT... E dos prazos que eles me deram". A promessa foi feita durante cerimônia do Programa Minha Casa, Minha Vida, em Blumenau, no dia 9 de junho de 2010. 

    Passados quase seis anos, as obras da duplicação avançam a passos lentos, em apenas dois dos quatro lotes contratados entre Navegantes e Indaial e diversas áreas às margens da rodovia ainda aguardam desapropriação. A partir da publicação do novo Plano Plurianual do Governo Federal (2016-2019), o prazo para a conclusão das obras de adequação de capacidade ainda saltou de 2017 para 2022. 

    A situação é tão preocupante que o Estudo de Viabilidade Técnica Econômica e Ambiental (EVTEA) da BR-470/SC, aceito pelo DNIT há dois anos, estimou que a partir de 2021 uma nova faixa terá de ser construída entre Blumenau e Indaial. Ou seja, antes mesmo da obra concluída, o nível de serviço da nova BR-470/SC poderá estar comprometido. 

    O mesmo EVTEA concluiu como ''altamente recomendável" a duplicação de toda a rodovia até a BR-116, com a construção de contornos viários em municípios como Ascurra e Apiúna. O investimento total foi estimado em R$ 3,4 bilhões, ainda em novembro de 2012. 

    Em junho do ano passado, o Ministério dos Transportes publicou chamamento público para a elaboração de estudos de viabilidade para a concessão de toda a BR-470/SC entre Navegantes e a divisa SC/RS. A proposta inclui ainda parte da BR-282. 

    Diante da má gestão dos recursos públicos, a concessão seria a única forma de viabilizar o avanço da duplicação para outras regiões, impondo ao bolso dos usuários o custeio de novas obras de adequação de capacidade, melhoria da segurança e eliminação de segmentos críticos. Lamentavelmente, como tem sido rotineiro nas ações em prol da rodovia, o prazo para a entrega dos estudos pelos consórcios habilitados já foi prorrogado de 25 de janeiro para 15 de junho. 

    Cabe destacar que em 2009, a BR-470/SC já foi alvo de estudos preliminares para a estruturação de concessão, na 3ª Etapa - Fase II. De acordo com o Ministério dos Transportes, com

    base em critérios de "conveniência e oportunidade", a concessão não avançou. O próprio EVTEA, contratado em 2009 e com prazo de conclusão aditado para dezembro daquele ano, foi aceito pelo DNIT apenas em 2014. 

    Os constantes atrasos em estudos fundamentais e na implantação das obras demonstram e provam não apenas a desorganização, mas a incompetência do governo federal, do Ministério dos Transportes e dos órgãos a ele vinculados na gestão da infraestrutura de transportes. Para as Associações Empresariais e a Facisc, a BR-470/SC é vítima da falta de vontade, da falta de compromisso, das deficiências de planejamento, da completa desarticulação política e em muitos casos, da imprudência dos seus usuários. 

    A partir desta campanha, o objetivo das associações signatárias ao movimento é promover encontros periódicos para cobrar com maior firmeza o cumprimento de prazos, mais recursos, além da celeridade nas obras de duplicação e nos demais contratos em andamento, como o de Reabilitação e Manutenção de Rodovias - CREMA 2.

     

    DUPLICAÇÃO SEM ENROLAÇÃO. DUPLICAÇÃO JÁ!

     

    ORGANIZAÇÕES SIGNATÁRIAS

    Associação Empresarial de Agrolândia - AEA

    Associação Empresarial de Blumenau - ACIB

    Associação Empresarial de Ibirama - ACIIBI

    Associação Empresarial de Ilhota - ACIIL

    Associação Empresarial de Indaial - ACIDI

    Associação Empresarial de Itajaí - ACII

    Associação Empresarial de Gaspar - ACIG

    Associação Empresarial de Ituporanga - ACEI

    Associação Empresarial do Médio Vale do Itajaí - ACIMVI

    Associação Empresarial de Navegantes - ACIN

    Associação Empresarial de Pomerode - ACIP

    Associação Empresarial de Pouso Redondo - AEPR

    Associação Empresarial de Presidente Getúlio - ACIPG

    Associação Empresarial de Rio do Sul - ACIRS

    Associação Empresarial de Santa Terezinha - ACIAST

    Associação Empresarial de Taió - ACIAT

    Associação Empresarial de Trombudo Central - ACITC

    Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina - FACISC

Voltar